27 de junho de 2009

A voz da tristeza, calada na escuridão...

Uma Noite que se apresenta como dia, um fenômeno nada natural, mas estranho ainda era, o dia em questão, estando envolto da completa escuridão...

O “supernatural” embora feio, cinza, nublado, concebia um murmúrio encantador, ostentado pelo cheiro de rosas, é o incompreendido inabrangente, iminente complexidade, furtividade inpenitente, ao mesmo tempo tão singelo, brisa solta pelo ar, batendo firme no rosto ao final da tarde ao pôr-do-sol, só não sabia onde estavam as estrelas. O "dovidoso" dilema que se dissipa como certeza por meio da beleza sublime incontida.

Jovem camponesa a caminhar pelo bosque, poente na ânsia de seu desalento fervorozo, na presente ausência efervescente, rima lírica de infinitude do saber, acerca da paixão que envolvia certo alguém qualquer, a FELICIDADE incipiente...

Ecoou aos céus com louvor, continência referendando a imensidão, antes o azul do nordeste, diante agora da baça e cinza extensão.

- Imensidão em mar celeste, me ponho a ti completamente caída e entregue aos pés seus, meu altivo e entrelaçado vigor, no afinco de coração, a escravidão a gunir penitência, essa dor arfante que carrego em pleno ser... Há de avilhetar um ser, a viger em tamanho murmúrio quanto o meu...

Como resposta, o céu se abriu, logo um pequeno espasmo solar apareceu...

A doce camponesa, acabara de presenciar um milagre extra-sensorial, pena que malfadado o destino, só essa podia ver, aquela pequena luz desenhada no horizonte enfim... Esse é o fim

Olhe sempre o lado bom da vida – em breve!

8 Coveiros:

Rafa Flori disse...

Lindoooooooo

Lara Veiga disse...

LINDOOOOOOOOO II

Quero ver olhe sempre....

Raul disse...

Só emtendo que um texto estar por vir rs

Adriano Viana disse...

Muito bom o texto! E o blog tambem ta muito bom, um pouquinho de tudo! Abraço.

Indi disse...

Bom

Armyman disse...

pow legal :]

Geralmente eu faço comentários mais contrutivos, mas fiquei muito tocado com o texto :/

aheuaehuaehua

abç

Vivian Azevedo disse...

Perfeito.

fabriciobezerradaguia disse...

gostei do texto,parabens,ele é meio sombrio(assim como resto do blog)mas eu realmente gostei

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________