4 de junho de 2009

Escravos da dominação feminina

Alguém já se sentiu mandado - ou até coagido por uma donzela indefesa?



Existe um ditado que diz, por traz de um grande homem, existe sempre a figura de uma grande mulher. Mas, alguém já parou para pensar o que seriam realmente dos homens sem as mulheres? E no âmbito de qualquer outra relação, quando esse tema entra em pauta é sempre destacável uma ordem natural de mudanças e concepções os quais essa relação sofreu e acreditem, não meramente traçando uma conotação mais sexual. O fato é que hoje, muitos estudos apontam para um estereótipo feminino mais dominador, e quanto aos motivos que desencadearam essa, digamos relação transgênica, óbvio e logo confesso a vocês que ... Não faço eu lá a mínima idéia.

Até poucos anos existiram canções a salientar o domínio masculino sobre as mulheres, podia usar um exemplo de música mais universal, mas estou realmente atentado a aproveitar o refrão de uma canção que há uns 10 anos fez muito sucesso aqui na região, composição de Cledvan Santos, “Lagartixa” foi cantada por uma banda de forró que sequer recordo o nome, “Me jogue no chão que sou seu tapete, se quer mebater, me chame de porta eu sou lagartixa me põe na parede, desde que depois me leve pra cama e me mate de amor”, a letra pode até não ser bela, mas temos de admitir ser deveras profunda! E traduzia bem a soberania masculina, soberaniaque hoje, parece caminhar para o esquecimento, a completa escuridão.

A vingança das mulheres talvez tenha começado com “Cachorrinho” aquela “mosiquinha toisca” da Kelly Key “Vem aqui que agora eu tô mandando, vem meu cachorrinho, a sua dona tá chamando”, e olha que esse é apenas o refrão, a música toda aborda essa questão e inclusive não esconde o que as impulsiona e garantindo mais um tempo para brincar, fazendo de nós homens uma completa mosca em suas mãos e isso graças a uma mera e simples constatação, “mas sem mim você não vive, sem meus cuidados amor, fala baixinho comigo, a sua dona chegou”, sim ela chegou e precisa de algo mais para comprovar toda maestria feminia sobre nós homens indefesos?



O que causou essa rebelia por parte das mulheres é um mistério, mas o tema também foi abordado – inclusive foi o que me inspirou -, na coluna fixa “Macho Alfa” escrita por J.J. Bronson no IG. O texto começou com o autor reproduzindo um relato de um de seus leitores, reclamando que todas as mulheres as quais gostou de alguma forma acabaram pisando nele, essa foi a deixa utilizada para como muita compêtencia abordar esse tema.

O autor começa fazendo uma analogia entre o dilema de seu leitor com esse novo conjunto atributo e concepções descoberto pelas mulheres. “Eu poderia até começar a xingar a mulherada, mas não acho que é a resposta. Se todas pisaram em você, acho que deve pensar em mudar sua postura. Já que foram realmente TODAS, há sério sinal de que o problema está em você. Por que elas pisam? Porque você deixa”.

Com precisão Bronson então foi desenvolvendo o tema, para ele mulheres geralmente foram dominadoras e a prova disso, querem sempre definir o vestuário do parceiro, ter total influência sobre aquilo que gostam. E se possivel ainda saber tudo, manipulando seu pensamento e gosto, o modo de agir e principalmente a carteira, mulher adora estabelecer o que se compra. Mas, ainda de acordo com a coluna, isso só acontece se você deixar. Daí elas montam mesmo.


“Outro ponto importante: não corra o tempo todo atrás de uma mulher. Elas não dão valor. A maioria delas só dá valor para os canalhas, é verdade. Nem por isso estou dizendo que você deve virar o maior cafajeste das redondezas. Apenas saiba se valorizar. (Se quiser virar cafajeste, vire. Você terá menos problemas do que se for um cara correto. Mas isso vai da cabeça de cada um.) Não ligue o tempo todo, não rasteje, não seja grudento. Não a procure dez vezes por dia, não mande mil e-mails ou mensagens. Fica chato. Fica repetitivo, falta assunto. E o pior: é pedir para ser pisado”.

No fim J.J. Bronson deu uma verdadeira receita de como enfrentar esse mal tão necessário que são as mulheres. Então vamos todos nos unir, será a força da união masculina contra o desparato dominatório feminino. Ou podemos ficar quitinho e aproveitar, porque o que a gente gosta mesmo é de umas “gateinhas” assim igual a vocês bem mandona, uma deusa, nossa verdadeira “Donna”. Aliás esse processo de dominação pode ser interessante e as vezes traz suas próprias recompensas, afinal é impossivel não atestar que realmente, a guerra dos sexos é eterna, resta então nos deliciar com ela.


Texto completo de J.J. Bronson aqui

18 Coveiros:

Sah disse...

a mulher tem se destacado mto nesses ultimos anos. faço medicina e tenho mtos professores homens e apenas umas 5 q sao mulheres, isso em 3 anos d faculdade. entretanto, hj, a maior parte dos estudantes d med sao mulheres (na minh sala msm eh a maioria)..esta havendo uma inversao da estrutura social e a mulher mostra cada vez mais q esta apta para varias funçoes (algumas exercidas ao msm tempo!)
bjins

Marcela Reinhardt disse...

as mulheres estao a cada dia saindo mais para a rua, pensando mais por si, tendo personalidade propria!
ha alguns anos era estranho uma mulher trabalhar estudar, hoje em dia eu acho estranho conhecer alguma mulher que nao trabalhe e/ou estude...

Marcela Reinhardt disse...

www.marcelareinhardt.blogspot.com

www.nadatudotudonada.blogspot.com

caroline caiana disse...

hauhauhau primeiro desculpe pela bronca lá na comu, meu blog não estava atualizando, mas acabei de ver seu comentário!
adorei seu post, realmente mulheres indefesas são apenas uma ilusão, uma dica? cuidado! rs

carolziinha disse...

Nós mulheres a muito deixamos de ser frágeis, pra nos tornar fortes e conquistar o nosso espaço no mundo...
Tenho muito orgulho de ser mulher!

E realmente cuidado com as mulheres, nós podemos ser fatais...

Laís Christine disse...

Primeiramente gostaria de elogiar o logotipo do seu blog, bem interessante, e em segundo lugar...
Bom, as mulheres estão gostando de mandar né?
hauha
mas é o tempo que faz isso, hoje em dia , mulher tem que fazer tudo e mais um pouco!
hehe

bju

Rafa disse...

Nós homens estamos simplesmente ferrados nas mãos de vcs

Pamella disse...

Ah, nem todas as pessoas são iguais. E essa coisa de mulher só valorizar canalha, isso eu não concordo! Eles são canalhas, quando não dão atenção para elas!

Bem, é isso. Mas apesar de tudo, adorei a postagem, me faz ter orgulho de ser mulher!

MARCIANNU disse...

rapaz isso é bem verdade viu...ultimamente as mulheres tem conseguido seu lugar ( com toda justiça) em todos os âmbitos da sociedade...e elas tão querendo governar o mundo mesmo....e não duvidemos q o próximo presidente do Brasil será uma mulher.

http://balacobacu.blogspot.com/

MioneNunes disse...

Cara, tem ate um pouco de verdade em tudo que vc escreveu...o lance eh soh nao generalizar naoo...cada um eh cada um...assim como tem homem safado, tem mulher safada tambem! homens fieis, mulheres fieis...deu pra sacar o que eu to dizendo?
gostei do teu blog ;D to seguindo jah...
beijao e passa la no meu
http://meannina.blogspot.com/

lagrimas-doem disse...

Existem mulheres sensíveis, como existem aquelas que são sempre cafagestes como muitos homens.

Roni SkyDiver disse...

Que minha noiva não veja seu blog, vc foi muito cruel

Idéias de mulher disse...

gostei de todo o texto ,escrevo sobre mulheres e relacionamento no meu blog então me interessou muito e a frase final fechou com chave de ouro
bjos
http://diariodeeva123.blogspot.com/

rafa flori disse...

Ou podemos ficar quitinho e aproveitar, porque o que a gente gosta mesmo é de umas “gateinhas” assim igual a vocês bem mandona, uma deusa, nossa verdadeira “Donna”. Aliás esse processo de dominação pode ser interessante e as vezes traz suas próprias recompensas, afinal é impossivel não atestar que realmente, a guerra dos sexos é eterna, resta então nos deliciar com ela.

Amei

Vivian Azevedo disse...

Ao meu ver existem 2 tipos de mulher dominadora, a mulher que esta dominando o mercado ou seja que esta sendo reconhecida por sua capacidade e a mulher q domina seu homem. Adoro dominar meu homem kkkkkk.
Adorei o texto.

Sammilka disse...

Muito bom o texto (digo isso pra todos).
Eu prefiro homem que se impõe.
Se ele quer, quer. Senão, não.
No máximo use de diplomacia...
Recomendo o livro 'Doce Vingança - Os prazeres perversos da desforra / Regina Barreca.
Tem uma história de vingança ótema!
Vou resumir: a mulher fazia gato e sapato do cara. Largou ele pra voltar pro ex-marido e na recepção do casamento o gato-sapato chega na maior beca e beija a mão da bruaca, daquele jeito que ela gosta e vai embora, enquanto ela vai ter que ficar com o ex-véio até o próximo divórcio conturbado. O rapaz está livre e desimpedido! Final feliz!

Anônimo disse...

A mulher tem que ter pulso firme... Mandar mesmo... Os homens adoram mulheres decididas...

Anônimo disse...

Sou submisso e necessito de uma mulher dominadora que mande e desmande em mim, me faça fazer o que ela quer e como quer. Sou, literalmente, um cachorrinho e busco uma mulher para ser minha esposa e proprietária. Alguém se habilita?
homemsubmisso@ymail.com

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________