14 de outubro de 2009

Pra Morrer

A internet é e sempre será uma maravilha nas mãos de quem sabe usar... E o último presente que fui contemplado pelo segmento virtual foi a minha amiga Esther Cyrraia autora do blog Cultura e Inutilidades que presenteou o Cemitério com um poema bem providencial que reflete com admirável maestria o objetivo desse espaço. Portanto se ponham logo a ler porque é um poema deveras escachado, RS, mantendo bem uma boa dose de bom humor dentro de uma invejável habilidade poética. Mandou bem Esther!

Pra Morrer

É preciso se preparar
Para todas as coisas
É necessário preparação
Até para aquelas sem aviso prévio

Para morrer, por exemplo
Fazem-se indispensáveis certas coisas
Pra morrer tem que deixar as contas pagas
A panela desligada

Pra morrer tem que deixar caixão comprado
Mortalha bordada em janeiro
Pra morrer tem que ser depois do carnaval
Quem sabe também depois do São João?

Pra morrer tem que estar de calcinha nova
Depilada nos cantinhos
E de dentes escovados
Pra não dar trabalho a ninguém

Pra morrer é bom avisar com antecedência
Para que ensaiem o choro e encomendem salgadinhos
Pra morrer é bom escolher a música
A minha vai ser do Legião

Pra morrer, preparar as velas, flores e cartões
Santinho acho muito brega
Não fui santa em vida
Para que então depois da morte?

Pra morrer é preciso deixar os bichos alimentados
O testamento redigido
A cama bem forrada
O Orixá bem vestido

Mas pra morrer tem-se antes que plantar uma árvore
Ajudar várias pessoas
Dormir ao relento pra aprender o frio
Saber o que é solidão

Pra morrer tem que se amar muito antes
Já que na hora H não vai dar tempo
Tem-se que estar com a mente boa
Pra fazer essa viagem sem parar pelo caminho

E por último, mas não menos importante
Pra morrer, precisa estar vivo.

Poema de autoria de Esther Cyrraia

10 Coveiros:

Nova Quahog disse...

ESTAO EM DOIS AGORA?
BOA HEIN?!

Vini e Carol disse...

Muito legal o poema!
Combina bem com o nome do blog, não com seus artigos, que são sempre variados.
E é bacana esse espaço para outras pessoas divulgarem seu textos, poemas, enfim...
Abraço.

Stephanie Driano . disse...

Gostei, você tem talento.
hahahahah irei voltra sempre aqui amo poesia e coisas do tipo.

Robson disse...

Pra mim é mais simplis


Pra morrer basta ta vivo

Verdelone disse...

Realmente é de uma habilidade poética invejável... quem me dera...rs
Abçs
CIA DOS BOTECOS - www.ciadosbotecos.blogspot.com

Esther cyrraia disse...

olá! fiquei feliz quando vi esta postagem!!! ainda mais pq tb acho que o tema combina muito bem com o humor do blog!
xeru

Rafa disse...

Eu que fico feliz, ver meu humilde espaço ser contemplado por essa bela poesia, bem a car do blog, putzz

Renan Sparrow disse...

Bem curioso esse texto, mas a morte não é algo que agnt se prepara para recebe-la.
ela vai nso atingir a qualquer hora.

• • www.renansparrow.blogspot.com

gerson oliveira disse...

Curti mesmo!

Paty disse...

puxa muito bom mesmo o poema, escreve bem a menina.

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________