10 de junho de 2009

Tara

Essa Flor que descrevo é minha verdadeira tara...


Minha Tara


Eu só preciso te dizer...
Você despertou minha tara
E por mais que procure esconder...
Esse meu sentimento não para

Luz que atravessa o horizonte do meu ser
Se aliando ao fogo que emana em você
Como um brilho vitalício, que arde no meu peito...
E me faz te imaginar
Completamente despida em meu leito

E assim é que eu te espero
E te quero só pra mim
Juro minha vida a te completar
Até que ela chegue ao fim.

Já pintei na tela mil poemas pra você...
E até a luz de velas para poder te descrever
Parece loucura, sinto até que é amor.
Desde o dia em que eu te vi,
Realmente...
Algo em mim mudou
Flor é que eu te espero...
E só te quero
Se for só para mim!
Juro, vou te completar
Até o meu fim!

5 Coveiros:

Rafa Floribela disse...

Essa flor sou eu né? Ao menos sua tara, eu sei que sou

raul disse...

Rafa vc tah com fogo...No rabo

Gil Mar & Trilha disse...

Como funciona a parceria com seu blog estou a procura de novos parceiros para meu blog de turismo:

http://gilmartrilha.blogspot.com/

Alan Salgueiro disse...

Bonitos versos e imagem!

Taâh disse...

Nossa linda poesia, com um toque de paixão incontrolaél... Parabéns http://confissoesblogger.blogspot.com/

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________