24 de maio de 2009

Educação a Distância - Metodologia que Funciona

EAD- Sala de Aula Virtual


O local no começo se estabelece como uma sala de aula comum, tipo uma grande caixa de concreto rodeada de cimento, areia, brita, pedra, cal... Tudo misturado na medida certa para formar um grande retângulo. As medidas são distintas, podendo variar a depender de cada local. A decoração a principio é simples, carteiras organizadas em filas, uma bem atrás da outra, ao fim daquele corredor uma enorme lousa acompanhado por um birô logo a frente dessa. Então, para completar essa amostra decorativa, podem-se acrescentar outros elementos um tanto alternativos, como computador, retroprojetor, televisão, aparelho DVD e claro ventiladores ou ar condicionado.

Esse pode ser caracterizado como o cenário perfeito para se garantir um alto nível de aprendizado, alunos centrados, querendo atingir vôos maiores, dominar esse demônio que é o saber. Em uma sala de aula, são abordados diversos e diferentes níveis e gêneros de conteúdo atingindo os mais altos índices daquilo que pode ser definido como verdadeiras noções de aprendizagem. Mas, esquece tudo que foi dito, pensando apenas em quando esse saber envolve uma ferramenta diferente. Um novo estilo de ensinar, novas perspectivas no desafio do aprender, ou mais do que isso, atribuições e metodologias diferenciadas que tendem a romper esses paradigmas e estabelecer uma nova condição de ensino acerca de uma metodologia ainda em desenvolvimento que traz condições educacionais fomentadas a partir da tecnologia.

Para ficar mais claro, imagine que essa sala de aula pode ser substituída por um computador doméstico, exatamente um cenário virtual, onde nada existe de forma concreta como na educação presencial, mas que tudo é tão real quanto, e esse mundo também pode ser acessado em casa nas milhares de lan-house espalhadas pelo país. Essa é a Educação à Distância - EAD ., um agente de inovação tecnológica de informação e comunicação e que pode ser usada para técnicas de educação à distância a serviço de uma metodologia didática e ao mesmo tempo pedagógica.



Os atributos que compõem a educação à distância podem ser diferentes em alguns fatores, como também é capaz de se interligar diretamente a educação presencial. A grande semelhança é óbvia, chegar ao maior índice possível de aprendizagem e assimilação por parte do aluno, mas o percurso percorrido por cada um desses métodos se difere em alguns aspectos principalmente metodológicos. Na Educação à Distância a base teórica - apresentada em cada um dos modelos de ensino instrucionais - interage e pode afetar não meramente a forma como o conteúdo apresentado ao aluno, mas também a maneira como o estudante entende e se mostra capaz de construir e também assimilar conhecimentos a partir do quantitativo de informações apresentadas.

EAD como Proposta Pedagógica



No primeiro momento até parece estranho, professor e aluno em locais geograficamente, completamente distintos, toda turma é interligada pela tecnologia que permite a total transmissão de conteúdos - nesse caso educativos -, efetuada através da utilização de meio técnicos em comunicação.

Educação a distância se caracteriza como uma modalidade que, por sua conveniência e eficácia, vem se consolidando cada vez mais no país como um novo cenário educacional. O campo de educação é constantemente pressionado por mudanças. A chave para abrir esse universo é que o professor pode abrir e trabalhar um corpo fixo de conteúdo programático por meio de uma representação externa.

A educação é reconhecida como um importante aliado, a "estrada de tijolos amarelos" que levará ao talvez utópico, mas maravilhoso mundo da transformação social. A idéia abstrata que se fez forjada por uma representação concreta, que traz sua representação através de um novo universo repleto por novas representações, um meio novo e completamente incomum, onde o conhecimento segue a ordem de uma cadeia, o aluno tem acesso a material, pesquisa, decodifica as informações e armazena a representação.


Características diretas da EAD

Uma modalidade de ensino em que o aprendizado é garantido em um ambiente informal, com separação temporal ou espacial entre mestre e aprendiz. Observando esse conceito, é importante ressaltar que esse é apenas o começo, destrinchar todas as caracterizações da EAD é ir muito além de simples teorizações. Para começar, é necessário sopesar esse modelo como uma espécie de inserção sociológica, uma amostra de inventabilidade cultural que visa um simples objetivo, a total maximização do conhecimento individual e automaticamente propagar o aprendizado coletivo e assim contribuir de maneira direta para a formação de uma sociedade mais justa com ideais igualitários.

Com o auxilio da tecnologia e utilizando os preceitos da EAD, as universidades podem ver uma clara forma de fomentar o conhecimento e a concreta possibilidade de formar profissionais, cidadãos conscientes de suas obrigações e seu papel perante a sociedade, sua condição sócio-político, tudo isso com um detalhe, ainda que residam em regiões distantes, locais onde as oportunidades de ensino com qualidade são remotas ou mesmo aqueles casos onde a vida contemporânea - atributos como tempo e dinheiro -, dificultem e reduzam a possibilidade de ingressar no universo dos estudos.


A familiaridade como uma busca constante de novas metodologias de ensino e pesquisas educacionais, envolvendo as tecnologias de comunicação e sociabilidade tem seu potencial de inclusão e cidadania pelas práticas educativas. Os ambientes de comunicação são diretamente favorecidos pela Internet. A tecnologia é uma parte fundamental da Educação à Distância, qualquer programa montado para desenvolver essa atividade, deve estar focado mais nas necessidades instrucionais dos alunos do que da própria tecnologia. As características de professores e alunos devem, constantemente, serem levadas em consideração. Também é importante observar sempre os requisitos de conteúdo e limitações técnicas. Quando se opta por um sistema, a proposta deste deve ser acessível para todos os participantes.

Para suprir a falta - quase constante - do contato direto entre educador e estudante, a comunicação é mediada não apenas pelos apetrechos tecnológicos, mas ainda por uma equipe que inclui editores, produtores, corpo técnico, especialistas em mídia, tutores locais, entre outros. A educação à Distância é um modelo que tem como particularidade, a diferenciação do aprendizado naquilo que é apresentado pelo ensino convencional.



3 Uma fórmula para o sucesso




O desconhecimento sobre essa metodologia ainda é um dos principais entraves a ser combatido para a propagação ainda maior da EAD e conseqüentemente atingir maiores resultados no quesito educação e conhecimento. A educação, quando concebida fora dos moldes convencionais, tem muito sua qualidade discutida e principalmente duvidada, sendo a esse atribuído estereótipos como uma espécie de "supletivo no ensino superior”, por acreditarem que o nível de assimilação é comprometido pela ausência da presencialidade.

Rompida essa barreira, apresentados resultados concretos e o conseqüente lançamento de não somente bons, mas profissionais bem sucedidos no mercado de trabalho, que adquiriram através desse sistema, o conteúdo necessário para o crescimento constante como empregado e cidadão sem - obviamente - desprezar o esforço e dedicação individual de cada qual.

Os cursos por correspondência na Europa são os primeiros registros da Educação à Distância. O meio ainda foi muito utilizado com a popularização de segmentos como rádio e televisão. O sistema de educação passou a ganhar mais fôlego e figurar mais assiduamente entre os estudantes a partir da tecnologia interativa sofisticada. E como a tecnologia tomou-se um advento, desenvolve e se modifica de forma rápida e prática, é previsível dizer que o atual modelo de educação não convencional sofra - em médio prazo - mudanças de adequação ao conteúdo perante o aluno e a utilização de novas técnicas, ferramentas e metodologias afim de fomentar o saber.

A tecnologia deve sempre ser vislumbrada como um artifício central, capaz de privilegiar a transmissão de informação, talvez sendo essa sua condição suprema. A revolução científica, tecnológica e cultural, somada a educação formam a EAD, que mais que a soma de todas essas coisas, já ganhou vida e caracterização própria, uma condição particular e agora é impossível determinar os limites e saber onde tudo isso vai parar. Ainda é prematuro dizer que esse é o modelo do futuro, mas já não é absurdo afirmar que esse é o mecanismo que vai impulsionar a educação do futuro e garantir sobrevida ao conhecimento, porque o futuro pode ser ontem, o tempo se mistura, nesse caso o passado, já começou.


5 Coveiros:

Renata Ramos disse...

Muito bom, apesar de grande, mas eu li todo!

Rafa floribela disse...

Lindo, como tudo que vc fazes!

Rafa disse...

Valeu garrotas

Vone Flor disse...

Olá Rafael, vim pela comunidade do orkut, muito culto seu blog, gostei muito, parabéns, só pelo título já causa impacto. Abçs Sucesso!

Thiago Emanuel disse...

Pow cara bom blog o seu viu, estou fazndo um artigo para postar no meu blog sobre a influência dos sistemas de informação na educação a distancia em breve postarei lá, gostaria tb de sabr se posso citar algum trecho de seu post no meu artigo, dandos os créditos, e colocando o link do seu site lógicamente...

www.fc-hardware.blogspot.com

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________