1 de julho de 2009

Louca(mente) Improvisado

Amor louco e desvairado, que me deixa louco e viciado....

Me consome e some, sem nem ao menos deixar recado.

Amor sem vergonha e tarado, que me enlouquece e pede cada vez mais e mais de mim.......

Amor sem fim, que eu desejo você só pra mim...

Menina malvada, safada e tarada, que no âmago poder da sedução, roubou completamente e não somente meu coração...

Perdoe-me do dia em que te disse não... Mas não pude conter o cansaço deste corpo envolto ao teu abraço, forte como um laço.

Vem menina safada e tarada, me seduz e me ataca,me deixa loucamente viciado nessa tua boca marcada pelos beijos meus.

Vem menina safada.......

Ardente em chama

3 Coveiros:

Lara Veiga disse...

Excitante anjo

LADY DARK ANGEL disse...

VC Q ESCREVEU?

Paçoca disse...

Puts véi, gostei demais desse poema parabéns!

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________