16 de junho de 2009

A dor da saudade

A dor da saudade

Alguém já sentiu um aperto no peito?
È como foco abrasa
Explosão de sentimento infame
Vontade de seguir ao encontro ao vento
Uma presença que ultrapassa
A chama da saudade...



...O sofrimento ilumina
Desígnios de Deus fortalece o Ser
Quer ver
Quer tocar,
Quer sentir,
Quer explorar,
A pele,
A fala,
Sentimento embalsamado pelas fendas do tempo
Força a erguer princípios
Dimensão que não finda
Processo de vida exalta
Eternizando inspirações
Tela sutil da imagem
Brisa solta pelo ar
A suave chuva contínua
Orvalho resfriando coração
Música vibrada ao luar
Extensão toca âmago
Estrelas direcionam cintilando emoção.

O meramente olhar,
Mas não pode, está longe...
Mesmo estando perto...
Sempre ausente,
Contemplando o fim de nosso malfadado casamento
Quem sabe simplesmente,
Em outros braços,

E tudo isso
Forma uma tempestade
Nesse coração tolo
De sentidos,
E de vontades,
Que machuca ferozmente,
Que fere,
Que arde na alma,
Que dói no coração,
É mais ou menos assim
A dor da minha Saudade...

3 Coveiros:

Flor disse...

Que saudades

♪♫Kaique♫♪ disse...

Bonita mensagem,,,

João! disse...

Curti!

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________