19 de julho de 2009

MODO DE VIDA

Acabo de receber esse poema, portanto não é de minha autoria e sequer imagino de quem seja.

Peço que o concebam como se fosse mais um daqueles ridículos que escrevo...

MODO DE VIDA

O homem nasce gentil e frágil.
Ao morrer ele é forte e duro.
As plantas verdes são tenras e cheias de seiva.
Ao morrer estão murchas e secas.
Portanto, a dureza e a inflexibilidade são discípulas da morte.
A gentileza e a entrega são discípulas da vida.
Por isso um exército sem flexibilidade jamais vence uma batalha.
Uma árvore inflexível quebra-se facilmente.
O duro e o forte cairão.
O suave e o fraco vencerão.

1 Coveiros:

Cássio Caetano disse...

Gosto da sua delicadeza ao expressar as coisas. Mesmo com esse ar todo sombrio é fácil perceber a sensibilidade e o amor pela vida presentes em seus textos!
:)

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________