15 de setembro de 2009

O Resplendor

O Resplendor

Você a luz do meu resplendor
Que encanta e cativa
Pelos raros extremos que mostrou
Venus em formosa
Netuno cristalino
Aquele saber grande que juntou
Espírito e corpo em liga generosa,
Esta mundana máquina lustrosa
De só quatro elementos fabricou
A vós resplendor de céu, Sol e mar
Contempla-te a luz da lua, viva a graça e pureza
Com a minha maior Felicidade.
Me escute com o meu fervor
Muito Obrigado, Anjo Resplendor!

6 Coveiros:

Looucos disse...

Que mistura cara...você embolou luz, com resplendor, com luz da lua e do sol...kkkk..
mesmo assim esta legal..só que sou meio dark demais pra isso..
Abraço..

Rafa Flori disse...

Eu amei, nem toda poesia tem de ser dark...

Anggel Red disse...

parabens uma poesia digna de ser comtemplada.

Juh Bassan disse...

Boa poesia, gostei. E não é tão dark quanto o blog em si.
Beeeeeeeeeeeijos

vivian azevedo disse...

Muito bonito viu.Parabéns!!!!!!!!

Lara Veiga disse...

muito bom, gostei

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________