29 de setembro de 2009

Tocaia

Tocaia

Amor sensação estranha
Que mexe com as entranhas
Que tem a força tamanha
A força que move montanhas
Amor adaga afiada
Que corta sem dizer nada
Que não se explica em palavras
É sede que não se acaba...
E Se chegar, vai entrar, invadir
Possuir, faz chorar, faz sorrir, faz vencer
É sucuri, que se arrasta e seduz
Que atrai, não se sai
De tocaia de amor não se sai
Amor é sorte na vida
É morte pra quem sofreu
Nem tudo que brilha é ouro
Nem é como a gente quer

5 Coveiros:

Rafa Flori disse...

Lindo pra variar né?

Canto do Lufa disse...

Resumindo é a espera do amor
é interessantan!

"Nem tudo que brilha é ouro!" Pode ser o sol, as estrelas e outras coisas

Annie disse...

gostei,

Fernando Gomes disse...

e faz tanto tempo que tentamos entender o amor..
se nem os gregos conseguiram, porque conseguiríamos?
acho que a beleza do amor está justamente em nossa incapacidade de entendê-lo.

Cacá :D disse...

Muuito interessante,
adorei as rimas, além do tema, eh claro, maravilhoso *-*
beiijos
http://vidaemrabiscos.blogspot.com/

Postar um comentário

________________________________________________________
Obrigado por visitar o nosso Cemitério...
Volte logo, haverá sempre uma tumba bem quente disponível para você...
________________________________________________________